segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Um abraço ao Pedro (ainda sem óculos em 92)

2 comentários:

  1. No ex-Zebras (como é que se chamava nesta altura?), o Pedro, então dono do bar, e a Antonieta do Cais, onde muitas noites acabaram e muitos dias começaram.

    ResponderEliminar
  2. O Pedro... Lembro-me muito bem... Que máximo, Victor!!!! Não tenho bem a certeza, mas o ex-Zebrs não se chamava cemporcento? bjs.

    ResponderEliminar